Buscar
  • GVBIM

Inovação de mercado e BIM


Está na hora de mais um de nossos diálogos semanais, desta vez queremos falar um pouco sobre o contexto atual do que iremos chamar de “mercado da inovação” e como ele vem crescendo e se desenvolvendo. Existe atualmente uma constante necessidade de inovar, de se renovar, isso não somente quando falamos de business. Carreiras, estudo, vida pessoal. Todo nosso ecossistema vem se modificando e se readaptando de forma vertiginosamente veloz e nós precisamos estar não só cientes, mas preparados para isso. Diante de uma realidade que se transforma em um piscar de olhos, espertos são aqueles que estão sempre de olho aberto.



INOVAÇÃO E BIM

Inovar, de acordo com o dicionário, significa introduzir novidade em; e fazer algo como não era feito antes. Entender o conceito nos ajuda a ver melhor o panorama geral. Devemos levar em consideração aquilo que é dito há muito por experts no assunto, inovação não necessariamente parte do princípio de se criar algo do zero, mas sim da capacidade de adaptação. Reconhecer o cenário no qual se está presente e com os atores e variáveis disponíveis, se adaptar e pensar algo novo, uma forma nova de se executar um trabalho, ou até mesmo um jeito mais assertivo de se comunicar.

Um exemplo de inovação que repousa diante de seus olhos é esta nossa conversa. Procure sobre BIM nos mecanismos de busca e você irá encontrar dezenas de textos explicando o que é a Building Information Modeling, outros falando sobre tecnicalidades do tema. Fazer isto é fácil, é o comum. Decidimos inovar aqui trazendo outros temas, outras conversas, nos aprofundando até mesmo na filosofia do que é de fato construir e projetar, pois isso não é feito em outros lugares, pois isso é inovar, pensar diferente e não temer os riscos.

Precisamos nos atentar ao fato de que, inovar não é criar do zero, é recriar, adaptar, ser criativo. Tendo isto em mente podemos prosseguir com maior esclarecimento sobre o papel do BIM como agente de inovação na construção civil.


BIM NÃO É A INVENÇÃO DA RODA


Não iremos chegar aqui e dizer que o BIM é a invenção da roda, pois não é. BIM é em si inovação. E como dissemos acima, inovar é adaptar. Vivemos hoje em uma realidade na qual não é possível pedir um café sem ter contato com uma quantidade absurda de dados e informação. Não só no meio digital, tudo o que temos contato é, de certa forma, informação. Tendo isso em mente, sabemos também que a área na qual atuamos, a construção civil sempre dependeu de informação. Quando a equipe de projeto chegava no canteiro com inúmeras folhas de papel, pastas, tabelas e desenhos, isso nada mais era do que informação.

A Modelagem de Informação da Construção foi uma forma de, justamente, modelar estes dados, trazê-los para a obra de uma forma mais coesa, de fácil entendimento ao público, com maior valor estético e principalmente, maior eficiência. Isso é inovar.

BIM é inovação. Não precisamos inventar a engenharia e a arquitetura para trabalhar com a construção digital, o que fazemos diariamente é entender que dentro do mundo em que vivemos, em que tudo se adapta em velocidades absurdas, temos em mãos uma ferramenta que por si só, respira adaptação.


Gostou desse conteúdo? Leia muito mais sobre o mundo da tecnologia BIM clicando aqui!


7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo