Buscar
  • GVBIM

Uma conversa sobre a implantação BIM

Do que estamos falando quando dizemos implantação BIM? Como isso pode mudar a realidade da sua empresa? Estas são algumas perguntas que iremos responder em nosso artigo de hoje.


É preciso ter noção das tendências de mercado e dos avanços tecnológicos quando o objetivo são processos lucrativos e bem definidos. A frase “vivemos em um mundo tecnológico” já se tornou lugar comum. Entretanto, isso não necessariamente significa que ampliar os horizontes da tecnologia na área da construção civil é uma tarefa fácil.


Por este motivo, a conversa de hoje tem como objetivo meditar a respeito dos avanços proporcionados pela tecnologia de construção digital e suas aplicações.




AVANÇOS


Algumas palavras são recorrentes quando queremos falar deste assunto. Informação, dados, tecnologia, avanços. São termos que querendo ou não, devem aparecer no dicionário daqueles que buscam fazer parte da vanguarda.


Informação, como falamos em nosso último texto, é igual a lucratividade, inteligência, proporciona a seu empreendimento um funcionamento preciso como o de um relógio.


Por esse motivo, quando o assunto é “apostar” na tecnologia BIM, o termo “aposta” não se encaixa assim tão bem. Apostar em algo denota risco, enquanto o BIM é a antítese deste conceito. Building Information Modeling é evitar riscos, diminuí-los a um ponto em que a segurança e previsibilidade se tornam frequentes.


IMPLANTAÇÃO BIM


O processo de implantação BIM em uma empresa tem suas minúcias e particularidades. No entanto um trabalho realizado de forma competente, por uma empresa responsável e correta aumenta exponencialmente as chances de sucesso.


É preciso atentar-se a quem se contrata para a realização deste serviço. A modelagem de informação da construção existe para facilitar os processos da construção civil, nunca para complicá-los. As metodologias de implantação BIM devem seguir um fluxograma minucioso e muito personalizado.


Cada empresa precisa de um diagnóstico individual de seus processos para que a implantação seja assertiva e produtiva. Transformar o modelo de plantas em 2D para o BIM não é rápido, e quem oferece este serviço de transição como algo “simples” ignora todos os pequenos detalhes que devem ser atentamente seguidos durante a implantação.


Este tipo de trabalho é realizado com o que chamamos de “Baby Steps”. Ou seja, passos firmes, cuidadosos, consistentes e assertivos. Implantar o BIM em um ecossistema empresarial já estabelecido tem seus fatores complicadores, mas isso não deve gerar preocupação, pois o que fazemos na GVBIM é estudar seu caso da forma mais detalhada possível, para que essa implantação seja gradativa e quase imperceptível.


TRUST THE PROCESS


Quando a implantação BIM não segue um processo bem definido e pautado no diagnóstico, é gerado um dano ao funcionamento da empresa, uma ruptura grave que tem o potencial de afetar todos os passos seguintes. É possível notar as avarias causadas em empresas que tentam implantar BIM de forma impensada, entre elas estão.

  • Falta de padrão nos recebimentos de projeto;

  • Falta de definições de parâmetros;

  • Inconsistências nos projetos recebidos;

  • Falhas na compatibilização dos projetos;

  • Projetos enviados para obra sem a devida revisão e compatibilização;

  • Perda de informações no processo de desenvolvimento de projetos, obras e as built;

  • Descentralização da informação (o BIM é uma tecnologia de colaboração e centralização);

  • Orçamentos elaborados com base em modelos irreais – causando furos orçamentários – e a culpa não é do BIM, é do processo.

  • Desestimulo das equipes internas;

  • Percepção equivocada da tecnologia.

Esta lista poderia se estender por mais de 50 itens, e isso mostra a importância de seguir o processo com atenção.


NÃO PRECISA SER DOLOROSO


Devemos sempre prezar pela qualidade e eficiência do serviço. Esta é uma regra que não se aplica somente aqui. Em todas as instâncias da vida buscamos serviços que nos atendam com o que precisamos e que valorizem o investimento feito. Durante o processo de implantação BIM, isso não pode ser diferente.


Deve-se estar sempre em busca de um prestador de serviço que saiba o passo a passo do que deve ser realizado, para que a mudança de tecnologia e metodologia não seja dolorosa. O BIM chegou não somente como um player no mercado de projetos, ele chegou como um agente de mudança, que transforma informação em ação.


O BIM não chegou apenas como um player no mercado de projetos, mas, ele veio também como um agente de mudança, que transforma informação em ação.


Building Information Modeling já deixou de ser somente sinônimo do futuro da construção civil, hoje projetar em BIM já faz parte do presente, um presente que devemos aproveitar muito bem.


Confira mais conteúdos como este no nosso blog e também no nosso instagram. Basta clicar nos links!


9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo